Fases...

Tens fases como a lua
 umas vezes andas escondida
 outras, te passeias pela rua...
 Perdes-te entre as ruelas escuras
 mesmo sendo dia ainda,
 não deixas de estar sozinha.
 
 Entre as tuas diferentes fases
 que vêm e vão como relâmpagos
 no teu calendário secreto,
 astrólogo o inventou mesmo sem tempo,
 para não perderes as fases do dia
 não procures o sitio onde me encontro,
 porque estou onde sempre estive,
 será sempre, ao pé de ti se tu quiseres...
 
 Gira a solidão em torno de ti
 o tempo escasseia para nosso uso
 não te encontres com mais ninguém
 porque tens as fases da lua...
 E quando chegar esse dia de ser teu
 já não é o dia de seres minha
 porque esse dia já se passou
 o outro dia se escondeu...

publicado por Mário Feijoca às 01:20 | comentar | favorito