Novos rumos...

Existe e sempre existiram ao longo dos séculos, momentos que alteraram o rumo da história devido a personalidades de determinados homens excepcionais que se destacaram quer pela sua inteligência  quer pelas suas ideias, ou filosofias que motivaram e motivam outros homens na descoberta ou propagação das suas ideias que em muito contribuíram para dar um novo rumo no entendimento de encarar as adversidades da própria vida. Este século, certamente esse homem será indiscutivelmente Karol Woytila, não por ser um homem de fé católica, mas por ser simplesmente  um homem de uma extrema eloquência e bondade pelas suas ideias, assim como pelo esforço desmedido que sempre empregou na união de todos os homens, quer fossem católicos, protestantes, judeus ou muçulmanos. Dia dois de Abril de 2005 pelas 20,37 horas, este homem rumou noutra direcção para continuar a sua obra que deixou nos corações de todos os Homens.
 
 {Fanciful image of the Sun}Não sou homem crente ou de muita fé pelo catolicismo ou por qualquer religião, mas devo a esta personalidade histórica, simples e irreversível pela sua integridade religiosa que soube incutir-me outra visão e respeito de encarar a religião, assim como a muitos outros homens espalhados pelos quatro cantos do mundo na mesmíssima condição. Que ele seja um exemplo para todos e sobretudo, para outros Papas que virão, de lhe darem seguimento nas ideias ou nos propósitos e costumes através do dom da palavra...
 O mundo com este desaparecimento, ficou sem dúvida mais vazio e mais pobre!
publicado por Mário Feijoca às 15:09 | comentar | ver comentários (1) | favorito