PRECAUÇÕES nunca serão demais...

 
</b>Cuidados com você.
Evite sair usando a camisa de seu clube preferido. Hoje em dia essa exposição tem sido prejudicial, porque desperta a animosidade de torcedores adversários e pode trazer muitos problemas, quando não agressões físicas, violências morais ou até mortais.

Evite utilizar Caixas Electrónicos em locais isolados, principalmente durante a noite. Veja sempre se há alguém suspeito por perto, antes de entrar em um faixa electrónico. Nunca aceite orientações de estranhos. Preste atenção aos prazos de entrega de talões de cheque pelo correio. Um golpe cada vez mais usado é o roubo de talões na própria agência do correio. Se o seu talão ou cartão não chegou em tempo, procure o banco.

Caso seu cartão ou talão de cheques tenha sido roubado antes de chegar à sua casa ou escritório, Você deve pedir ao banco o cancelamento. Suspender, só se o cartão ou talão foi roubado ou extraviado depois do recebimento. A diferença é que, no primeiro caso, a responsabilidade é do banco e não sua. Você não pagará as taxas para suspensão de pagamentos nem responderá pelos cheques emitidos

Evite deixar documentos, principalmente originais, em portarias de prédios. Trata-se de uma exigência ilegal. Seus documentos podem ser roubados e a responsabilidade é sua.- Sempre que possível, saia com cópias autenticadas de seus documentos. Não os deixe à vista.
De posse de seu nome, número do NIF e modelo de sua assinatura, o criminoso é capaz de aplicar golpes, de operar a transferência de seu telefone, usar seu nome como fiador de compras e outras fraudes. Há quadrilhas especializadas em negociar documentos, cartões de crédito e talões de cheques. Eles podem ser utilizados para abertura de contas, compras e outros negócios fraudulentos. Até Você provar que não sabia de nada, terá tido muita dor de cabeça.
Fazer um boletim de ocorrência registrando perda, desvio, furto, ou roubo de documentos é indispensável. Atenção redobrada quando entrar em locais cheios, como lojas e centros comercias. Não exiba dinheiro em público e prefira sempre pagar com cheques ou cartão de crédito. Mesmo tomando todas as precauções, fuja da paranóia. O medo leva o cidadão comum a tomar atitudes apressadas como comprar uma arma de fogo ilegal, cujas consequências podem ser trágicas.
publicado por Mário Feijoca às 15:58 | comentar | favorito