Etnocentrismo

A definição clássica de etnocentrismo é considerar a própria cultura ou civilização como superior ou, no limite, a única válida. Assim vimos o massacre dos índios americanos, a escravização dos negros, o neocolonialismo e mesmo as guerras deste século contra os muçulmanos do Afeganistão e do Iraque. Como vimos, não se pode mais falar em “raças” quando nos referimos à espécie humana. Deve-se preferir o termo “cultura”, sendo “etnia” um termo técnico a ser usado com muito cuidado. Já ouvi erros grosseiros de expressão, como “etnia negra” ou “etnia japonesa”, uma forma mal disfarçada de racismo...

publicado por Mário Feijoca às 05:36 | comentar | favorito