Os heterónimos

Héteros, diz-se das palavras diferentes que exprimem a mesma coisa; do autor que assina uma obra literária, ou um blog, com um nome que não é o seu, nome imaginário com que um autor assina a sua obra, atribuindo a esse autor imaginário características individuais diferentes das do verdadeiro autor, ou seja, criando um outro eu.
Eu construo-o, muitos “eus,” sempre com os mesmos princípios, o da virtualidade da ética e da imaginação sem limites, desde que para isso me sinta bem dentro da minha própria cabeça
publicado por Mário Feijoca às 04:58 | comentar | favorito